Giovannoni brilha e Brasília bate o Flamengo fora de casa

 

 

Após três anos sem vencer o Flamengo, o Brasília Uniceub/BRB derrotou o rubro-negro, no ginásio Tijuca Tênis Clube, e bate à porta do g4. Com uma enterrada de Ronald faltando quatro segundos para o fim do jogo, o time da capital venceu por 75 a 73. O destaque do jogo foi o capitão Guilherme Giovannoni. O camisa 12 saiu de quadra com um duplo-duplo de 26 pontos, cestinha da partida, e dez rebotes.

 

O primeiro quarto foi dominado pelo Brasília e por Giovannoni. O time de lobos levou a melhor no quesito rebote e efetuava com eficiência a transição rápida para o ataque. Guilherme já desequilibrou desde o começo e fez dez pontos só no primeiro período.

 

O Flamengo endureceu o jogo no segundo período e passou a aproveitar melhor as posses de bola, convertendo os ataques em pontos. Essa melhora significativa passou pelas mão do experiente Marcelinho e Ronald Ramón. Do lado do Brasília, Giovannoni marcou seis pontos e não deixou o time mandante abrir larga vantagem. O jogo foi para o intervalo com diferença de apenas um ponto: 36x35 para o Flamengo.

 

No terceiro quarto, empurrado pela torcida, o Flamengo cresceu no jogo e abriu vantagem de cinco pontos. O clima em quadra esquentou e foram cometidas mais faltas do que de costume, inclusive técnicas.

 

O último quarto começou com os donos da casa à frente por quatro pontos, vantagem que foi aumentada para oito. O Brasília cresceu no momento certo. Deryk Ramos e Fúlvio fizeram duas cestas de 3 pontos e recolocaram os candangos no jogo. O placar marcava 73 a 73 e 17 segundos de posse de bola para o Brasília. Num passe espetacular, por baixo das pernas de JP Batista, Fúlvio encontrou Ronald livre no garrafão. Sem dó, o pivô fez uma bela enterrada e deu números finais a partida.

 

O Flamengo ainda tinha quatro segundo no relógio. No arremesso desesperado de Ronald Ramón a bola foi certeira, mas a cesta não valeu pois o cronômetro já havia estourado.

 

Guilherme Giovannoni falou sobre a importância da vitória. “Foi uma vitória importante, pois agora dependemos só de nós para nos classificarmos entre os quatro melhores, o que é o nosso objetivo”, disse o capitão ao site Globoesporte.com.

 

O Brasília UniCeub/BRB é o quinto colocado com 18 vitórias em 26 jogos, aproveitamento de 69.2%. Se o Mogi das Cruzes perder no jogo de amanhã (17), o time da capital entra no g4. Restam apenas dois jogos para os candangos na primeira fase do torneio. Dia 25 enfrenta o Rio Claro em casa e o Minas, quatro dias depois, fora de casa.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags