Semifinais de arrepiar no Brasília Open de Futsal

 

Após 3 semanas de muita emoção e grandes jogos no Ginásio da Guariroba na Ceilândia, a 1ª edição do BRASÍLIA OPEN DE FUTSAL chega, hoje, ao momento final da competição, com as disputas finais das sete categorias que o campeonato disponibilizou aos atletas da modalidade.

O sábado foi mais um dia de grandes jogos, e contou com presença maciça da torcida que acompanhou cada jogo como se já fosse o último da competição. Além disso, os mais de três mil presentes entre os jogos contribuíram para a quebra de recorde de público da competição até o momento. Outro recorde foi o da transmissão ao vivo, que alcançou os 8.175 IPs simultâneos e mais de 13.000 acessos durante as 4 horas de transmissão.

 

O grande destaque ficou para a dobradinha do ICESP, que garantiu a equipe masculina e feminina nas

grandes finais. Ambas as equipes conquistaram a vaga nos pênaltis, e os primeiros a garantirem presença nas finais foram os rapazes que, após um jogo duro tanto no tempo regular, quanto na prorrogação, e uma partida terminada em 2 x 2, o ICESP Brasília venceu a AABB/UPIS por um placar de 3 x 2. Um dos destaques da partida foi o goleiro Kaique Henrique, que ainda defendeu um dos pênaltis nas cobranças. Para ele, o ponto forte da equipe foi a coletividade. “A nossa equipe é jovem e acabou de ser reestruturada, por isso acredito que não colocaram fé em nosso potencial. Mas conseguimos mostrar o nosso futebol, fechar a área e, ao mesmo tempo, aplicar o nosso ataque. Como não temos nenhum grande nome, prevaleceu a nossa coletividade e a vontade de vencer”, ressaltou o goleiro, que ainda disse que o jogo de amanhã contra o Aparecidense/Drogaria São Gabriel será uma verdadeira batalha.

 

Na primeira semifinal feminina do dia, o resultado não foi muito diferente do masculino. Tanto as meninas do Minas/ICESP quanto as meninas do ADEF/UPIS tiveram chances de liquidar a partida, mas após o placar de 1 x 1, na fase regular da partida, o jogo terminou em 3 x 2 para as atuais campeãs do campo (Minas/ICESP) e que agora vão para a 2ª final no ano de 2016. A capitã da equipe, a jogadora Jéssica Soares, ressaltou o trabalho que tem sido desenvolvido e elogiou a atuação da torcida. “A nossa equipe é forte e tem uma boa base tanto no campo, quanto na quadra, mas o que prevalece é a postura que temos de todas lutarem por todas. Além disso pudemos contar com a presença da nossa torcida que é sem sombra de dúvida a 6ª jogadora dentro da quadra. São eles que nos impulsionam e que na grande maioria das vezes ditam o nosso ritmo dentro das quatro linhas”, disse Jéssica entusiasmada.

 

Na outra disputa feminina da noite, a equipe do CRESSPOM venceu pelo placar de 4 x 3 as meninas do Ceilândia Esporte Clube, e vai reeditar a final do Campeonato Candango Feminino com o Minas/ICESP, retratando o que vem a ser o maior duelo em 2016. No entanto, o fato de já terem perdido no campo não desestabiliza as meninas do CRESSPOM, como relatou a jogadora Danielle Helena, capitã da equipe. “Apesar do nosso foco estar sendo a Copa do Brasil, a torcida pode estar certa que amanhã será um grande jogo, no qual lutaremos em cada disputa pela bola para conquistar esse título”

 

Confira como ficaram os confrontos finais nas sete categorias e os jogos que serão transmitidos pela All Sports TV:

 

10 horas - final sub 15

Raça x Ajax/Estrutural

 

11 horas - final sub 17

Raça x AD-3

 

12 horas - final sub 20

Gol de Placa x Arte Líder

 

13 horas - final veterano

AC Coelho x Capital

 

14 horas - final sub 11 (TRANSMISSÃO AO VIVO)

Toque de Fé x AD-3

 

15h30 - final feminino (TRANSMISSÃO AO VIVO)

Minas/Icesp x Cresspom

 

17 horas – final principal (TRANSMISSÃO AO VIVO)

Aparecidense/Drogaria São Gabriel x Icesp Brasília Futsal

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags