Troca de quarterback no Tubarões do Cerrado. Sai Talon Roggasch, chega Jordan Moore

19/6/2019

 (Foto: arquivo pessoal)

Próximo da estreia na Brasil Futebol Americano (BFA), o Tubarões do Cerrado anuncia uma troca surpreendente na posição de quarterback. Talon Roggasch, que chegou no início do ano e foi o titular na campanha do título da Taça Cairo Santos, retornou ao Ceará Caçadores. Mas sem perder tempo a diretoria do time anunciou Jordan Moore, que comandará o ataque durante o restante da temporada. Moore é natural de Houston, Texas, e atuou no futebol americano universitário pela Texas State University e em 2018 atuou no Molosses d'Asnieres da França. Será a primeira experiência de Moore no Brasil.

 

A saída de Talon foi uma rescisão amigável e motivada por questões pessoais do atleta que decidiu voltar ao Ceará. A rápida troca no comando do ataque foi possível graças ao scout constante que a comissão técnica realiza de atletas dentro e fora do Brasil. Além disso o Tubarões mantinha contato com Moore, de 26 anos, por meio do também norte-americano James Springfield, que conheceu Moore na Europa.

 

Mesmo com a rápida recomposição no elenco a troca pode ser prejudicial ao planejamento do Tubarões para o segundo semestre. A comissão aguarda a chegada do novo quarterback que precisará de tempo par se adaptar tanto à cidade quanto ao estilo de jogo do time brasiliense. A estreia do Tubarões na BFA está oficialmente agendada para dia 29/06, contra o Brasília Templários. No entanto a data do jogo poderá ser alterada para dia 06/07.

 

“Ele estará aqui para o primeiro jogo, mas não vamos acelerar as coisas. Ele estará pouco apto. Se for possível vamos colocá-lo em alguns snaps para que ele pegue o tempo do jogo e sinta o gosto de jogar com nosso uniforme. Mas sem prejudicar o nosso planejamento a longo prazo”, disse o treinador principal do Tubarões, Fabrício Ataíde.

 

Estilo parecido

 

Segundo Fabrício, o estilo de jogo do Tubarões não irá sofrer drásticas mudanças uma vez que Talon e Moore possuem características perecidas. Além de serem excelentes passadores, são rápidos e correm muito bem com a bola. Neste quesito Moore pode até levar vantagem, uma vez que atuou como running back em 2018 na França e obteve números expressivos: 953 jardas e 9 touchdowns. Moore destaca-se também tamanho, 1,88m e 90kg, medidas consideradas acima da média para quarterbacks.

 

“Sempre buscamos utilizar os pontos fortes dos jogadores no nosso jogo. Ambos eram capazes de ganhar jardas por terra, então não vai ser um choque tão grande. Ele joga com um estilo parecido com o que buscamos. Nós trouxemos ele pois sabemos que vai entregar o que precisamos”, analisou Fabrício.

 

Em 2017 Moore atuou como quarterback no Porvoo Butchers, da Finlândia, e conquistou 751 jardas aéreas, passou para seis touchdowns, 250 jardas terrestres e cinco touchdowns terrestres em apenas cinco jogos.

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags